quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Beija-flor


O beija-flor que beijou
A carola perdida da flor
Sugando todo o calor
O amor perfumado em cor

O beija-flor a cantar
A piá... A piá
Seu coração a pulsar
No bailado de suas asas a girar

O beija-flor a toda seiva devorou
Ofegou... Ofegou...
Mergulhou... Mergulhou..
Nos céus profundos e sem fim
Gozou... Gozou

O beija-flor sem medo está
Destino Lágrime não queirerá
Sentindo a vida em seu coração
Em cada vôo uma emoção!

Nenhum comentário:

Postar um comentário