domingo, 19 de dezembro de 2010

O Melhor Amigo


Meu coração bate e minhas lágrimas uma mistura de orvalho cristalino e de amor. Amigo, balançar do vento que sussurra em meus ouvidos conselhos. Se eu não acertar meu caminho vou brigar. Vou rasgar. Vou me esconder de você que com um conselho, uma verdade, pode me fazer sofrer.
Amigo é aquele que vem como brisa perfumada da verdade e que limpa as feridas de nossa dor com suas lágrimas salgadas de amor. É aquele que só com um olhar ou um sorriso diz: EU TE AMO.
Que na noite fria onde pesadelos infindáveis tomam conta vem como uma sinfonia suave. Alisa o rosto suado e que baixo diz: “EU ESTOU AQUI. NÃO TENHA MEDO .QUANDO PRECISAR É SÓ CHAMAR”.
Esse amigo você pode estar pensando que não existe. Que é um ser de meu pensamento poético. Mas ele esta nada mais nada menos que ao seu lado sorrindo e chorando contigo em todas as fases que foram e que virão. É só você chamá-lo que como um remédio te curará a dor .Ele é unicamente Deus!

Um comentário:

  1. Camila, sua concepção de amizade é muito linda, e eu tenho a sorte na vida de saber que essa amizade existe sim. Com seu texto em prosa poética me fez lembrar uma canção dos Tribalistas que diz: “O meu melhor amigo é o meu amor”

    “Para o legítimo sonhador não há sonho frustrado, mas sim sonho em curso” (Jefhcardoso)
    Gostaria de lhe convidar para que comentasse o meu conto “A infeliz procura por uma rachadura”. Ok?
    http://jefhcardoso.blogspot.com de blog em blog.

    ResponderExcluir